Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura de Cássia-MG
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Twitter
Youtube
Leis e Decretos
Principal   Leis e Decretos
Ver texto Consolidado
Ver texto Compilado
Ver texto Original
Voltar
- Decreto 016 de 07/02/2019

DECRETO nº 016/2019

 

DISPÕE SOBRE DECRETAÇÃO DE ESTADO DE ALERTA NA SAÚDE PÚBLICA MUNICIPAL E DETERMINA ATIVIDADES PREVENTIVAS CONTRA O VÍRUS DA DENGUE, CHIKUNGUNYA, FEBRE AMARELA E ZIKA VÍRUS.

 

O Prefeito do Município de Cássia/MG, no uso de suas atribuições legais e,

CONSIDERANDO que adentramos o período de chuvas;

 

CONSIDERANDO que as chuvas ocasionam ambientes propícios ao desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chicungunya, Febre Amarela e Zika Vírus;

 

CONSIDERANDO que devido à seriedade e gravidade da situação, alertas devem ser emitidos para que sejam adotadas as medidas preventivas com vistas a se evitar a proliferação da epidemia no Município;

 

CONSIDERANDO que a situação exige da Municipalidade atenção especial, haja vista a possibilidade de agravamento e, como consequência, atingir um índice muito elevado no território de Cássia, em função de permanente e intensivo fluxo de pessoas, devendo, portanto, a Secretaria Municipal de Saúde adotar medidas preventivas, drásticas, enérgicas e inadiáveis, para conter o mal iminente;

 

CONSIDERANDO que o combate ao Aedes aegypti só terá sucesso se houver parceria entre o Poder Público e todos os proprietários comerciais, residenciais, de lotes e terrenos baldios e/ou quintais, tendo em vista que a larva do inseto desenvolve-se em águas paradas, não só em poças e recipientes jogados em logradouros públicos, mas também no interior de residências, com caixas d`água, piscinas e vasos de plantas, etc;

 

CONSIDERANDO que o último LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti) registrou no Município o índice de 4,3%, quando o aceitável é abaixo de 1%;

 

CONSIDERANDO que os maiores focos do mosquito são encontrados dentro das residências;

 

CONSIDERANDO que há um crescente número de notificações de casos prováveis/suspeitos de doenças provocadas pelo mosquito, sendo que até o momento foram 22 (vinte e dois) casos notificados/suspeitos e 2 (dois) casos confirmados;

 

CONSIDERANDO que uma epidemia no cenário atual causaria um colapso de saúde pública, desencadeando um fluxo inoperante de atendimentos, em razão do número de profissionais à frente das unidades de saúde;

 

CONSIDERANDO que a DECLARAÇÃO DO ESTADO DE ALERTA tem por objetivo otimizar ações preventivas para garantir o bem estar da população;

 

DECRETA:

 

Art. 1º. Fica declarado o Estado de Alerta na sede do Município de Cássia/MG, inclusive na área rural, em razão do iminente perigo de epidemia de Dengue, Chicungunya, Febre Amarela e Zika Vírus.

 

Art. 2º. Por força deste Decreto, fica o Poder Executivo autorizado a determinar e executar as medidas necessárias ao controle das doenças e do mosquito transmissor, nos termos da Lei Federal nº 13.301/2016 e da Lei Municipal nº 1.592/2015 e suas alterações previstas na Lei Municipal nº 1.601/2015.

 

Art. 3º. As medidas de controle do mosquito Aedes aegypti deverão ser adotadas pela população e pelo Poder Público na forma definida nas Leis supra citadas, com a aplicação de multas e demais penalidades previstas no caso de infrações.

 

Art. 4º. Fica autorizado aos empregados públicos municipais a realizar o ingresso forçado em imóveis públicos e particulares, no caso de situação de abandono, ausência ou recusa de pessoa que possa permitir o acesso de agente público e aplicação das penalidades cabíveis, de acordo com a Lei Federal nº 13.301/2016.

 

Art. 5º. O Setor competente da Prefeitura Municipal deverá promover a notificação dos cidadãos que não colaborarem com as medidas adotadas para prevenção da proliferação do mosquito Aedes aegypti, aplicando multas e demais penalidades previstas nas Leis Municipais.

 

Art. 6º. Fica autorizada a Secretaria de Saúde a requisitar pessoal e equipamentos de outras Secretarias para o combate aos focos de proliferação do mosquito.

 

Art. 7º. Fica determinada a mobilização intensiva da Coordenadoria de Defesa Civil, Vigilância Epidemiológica e dos Órgãos de Saúde do Município.

 

Art. 8º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


 

Cássia, 07 de fevereiro de 2019.

 

 

 

MARCO LEANDRO ALMEIDA ARANTES

Prefeito Municipal

Newsletter
Cadastre-se pare receber nossos informativos
CADASTRAR
Prefeitura de Cássia-MG
Acompanhe a Prefeitura
nas redes sociais
Rua: Argentina, nº 150 Jardim Alvorada • CEP: 37980-000
De segunda a sexta, das 07h às 11h e das 13h às 17h